MAA realiza workshop sobre as mudanças climáticas, sistema de gestão das informações florestais e técnicas de comunicação para jornalistas

22 de fevereiro de 2021

Ana Touza, representante da organização das Nações Unidas para a agricultura e alimentação em Cabo Verde
A+ A-

 

A directora-geral da Agricultura, Silvicultura e Pecuária destaca o papel da comunicação social na chamada de atenção para as consequências nefastas das alterações climáticas, em conferência aberta sobre o tema, dedicada aos jornalistas.


Alterações climáticas que, reconhece a representante da organização das Nações Unidas para a agricultura e alimentação, em Cabo Verde, Ana Touza, têm nos profissionais da comunicação um parceiro ideal para a divulgação das boas práticas de combate a este fenómeno.

O que se pretende também é, sublinha Ana Touza, que os jornalistas se empenhem no reforço da comunicação para o desenvolvimento, levando o envolvimento dos adultos, jovens e crianças no combate às alterações climáticas.

Destaca a responsabilidade social dos jornalistas e dos media, na descodificação das mensagens, tornando-as acessíveis a todos, para a construção de uma cidadania ambiental.

Esta acção, dedicada aos jornalistas, decorre hoje e amanhã e é organizada pela FAO, no âmbito do projecto reforço da capacidade de adaptação e resiliência do sector florestal, REFLOR.


RTC Multimédia
Disponibilização online (Estagiária - com supervisão)