Escolas e entidades ligadas à saúde, assinalam o Dia Mundial da Saúde

08 de abril de 2021

A+ A-

 

 

Respondendo às dificuldades reportadas por pais e encarregados de educação, que não conseguem custear tratamentos ou lentes aos seus educandos com problemas de visão, a Escola Secundária Jorge Barbosa, em São Vicente, mobiliza parcerias neste sentido. Com o apoio do Centro Clínico de Ortóptica da Universidade do Mindelo e um financiamento de uma entidade estrangeira, a escola já conseguiu disponibilizar tratamento á vários alunos.


A Região Sanitária de Santo Antão realizou, esta quarta-feira, algumas atividades no campo de Chã de Itália, na cidade do Porto Novo, para assinalar o dia mundial da saúde. O principal foco foi mostrar a importância do exercício físico para a saúde.

Num projeto conjunto, o Centro Clínico e Experimental das Ciências de Visão da Uni-Mindelo e a Escola Secundária Jorge Barbosa procuram ajudar alunos com problemas de visão.

Nos últimos dias de Março e até hoje aproximadamente quatro dezenas de crianças já foram encaminhadas ao centro onde uma equipa de três ortoptista tem feito uma avaliação e identificação das deficiências ou problemas de visão apresentados por esses adolescentes.

Além dos problemas relacionados com o sistema refrativo, a equipa técnica identificou outras situações para as quais os alunos deverão fazer uso de óculos.

Quadros clínicos que as ortoptistas envolvidas nesse projeto atribuem a causas já estudadas pela ciência da visão. Já foram consultados 28 alunos, sendo que 23 apresentavam várias complicações. Fica o apelo de que as idas às Consultas devem ser regulares.

Uma parceria que as entidades envolvidas querem fazer perdurar. E, neste sentido, o Centro Clínico e Experimental das Ciências de Visão da UniMindelo mostra-se disponível para estabelecer esse tipo de acordo com outras escolas da ilha.


RTC Multimédia
Disponibilização online (Estagiária - com supervisão)



Artigos Relacionados