CAN Andebol: “Ficámos com medo de errar e acabámos cometendo muitos erros” - Cely Duarte

09 de julho de 2021

Seleção Cabo-verdiana de Andebol
A+ A-

No fim do jogo entre Cabo Verde e Angola, que terminou com um resultado desnivelado de 39 – 14 para as angolanas, a equipa parecia cabisbaixa.

As jogadoras ficaram com o sentimento de que podiam fazer mais. Pelo menos é o que transmitiu a central / lateral Cely Duarte, em declarações à Rádio de Cabo Verde.

“Já sabíamos a realidade que íamos enfrentar. Tentámos jogar da melhor forma possível mas, acho que tivemos medo de errar e acabamos por errar na mesma. Já sabíamos que Angola era forte, procurámos dar o máximo e foi o que foi.”

A jogadora do ABC da Praia admitiu também que a equipa acusou pressão de estar a enfrentar Angola.

“Jogar com Angola para mim já acarreta pressão, têm as melhores jogadoras de África, que além da técnica são muito fortes fisicamente. A nossa treinadora pediu-nos para desfrutarmo-nos, mas nós mesmos acabámos por cometer erros. Estamos um bocadinho dececionadas porque podíamos ter feito melhor”

Cabo Verde perdeu muitas bolas ao longo do jogo e isso tem explicação para Cely Duarte.

“Nós não estamos acostumados com resina. A bola tinha muito resina e isso foi um fator que contribuiu para que perdêssemos muitas bolas”, declarou a jogadora à RCV.



Artigos Relacionados