Especial Tóquio: "Se empenharmos e investirmos mais, todos juntos Cabo Verde está num bom caminho" - Filomena Fortes

13 de julho de 2021

Filomena Fortes, Presidente do Comité Olímpico Cabo-Verdiano
A+ A-

Faltam 10 dias para o início dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O maior evento desportivo do mundo acontece este ano num contexto complicado de pandemia da Covid-19. A capital japonesa entrou em Estado de Emergência por causa do aumento de casos de Covid-19. Está decidio, os jogos Olímpicos não vão ter público.

Filomena Fortes é a presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano. É, também, membro do Comité Olímpico Internacional e vai estar no Japão. "Irei como membro COI e também como presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano. Concerteza darei todo apoio a nossa delegação. Vai ser os Jogos atipicos, Vamos viver numaautentica bolha. Como membro COI estou proibida de ir a Vila Olimpica, mas já solicitamos, nós presidentes dos Comités Olímpicos,  a prerrogativa de visitar os proprios atletas"

Os Jogos Olímpicos de Tóquio vão decorrer sob apertadas medidas restritivas. Não haverá público, nem mesmo os familiares mais próximos dos atletas terão a possibilidade de assistir seus entes a competir.

Três dias antes do início das Olimpíadas, o COI, Comité Olímpico Internacional reúne-se para analisar diferentes assuntos ligados àquela organização. Por exemplo, serão votados novos elementos para o COI e vai se tratar de todos os jogos que têm sua organização ainda pendente. "Será a primeira reunião presencial após a pandemia".

Cabo Verde vai participar nos Jogos Olimpicos de Tóquio com a maior delegação de sempre. Ao todo serão seis atletas. Para Filomena Fortes, o desporto cabo-verdiano está a atravessar uma boa fase, pelo que é preciso continuar a melhorar. "Desporto cabo-verdiano está na boa onda. É preciso que trabalhemos mais cedo para podermos estar melhor do que isto. Este ano foi um ano bom para Cabo Verde. Se empenharmos mais e investirmos mais, todos juntos, Cabo Verde está num bom caminho, com certeza."

Oiça, em baixo, a notícia com as declarações da Filomena Fortes, presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano



Artigos Relacionados